GLOSSÁRIO DE MARKETING DIGITAL – PRINCIPAIS TERMOS E SIGLAS

Principais termos e siglas

Leads? SEO? Spam? Você também já se sentiu perdido e confuso em meio á esses termos?

Criei esse Glossário de Marketing Digital, porque normalmente quem trabalha na internet, se depara a todo momento com vários termos e siglas, ás vezes sem nem saber qual o verdadeiro significado de cada uma delas.

Os iniciantes principalmente.

Por isso, quem já trabalha ou deseja ingressar no Marketing Digital precisa conhecê-los.

Irei citar os principais termos com uma breve explicação.

Compartilhe com algum amigo que também gostaria de esclarecer essas dúvidas:

GLOSSÁRIO DE MARKETING DIGITAL

A

AIDA – (Awareness, Inform the customer, Direct benefit, Action = Conscientização, Informar o cliente, Benefício direto, Ação). Sigla usada com o objetivo de conquistar a atenção do usuário, despertando nele o interesse para que efetue uma compra ou qualquer outro tipo de conversão.

API – (Application Programming Interface = Interface de programação de aplicativos). Essa sigla é utilizada para denominar padrões de programação que permitem um software extrair informações de outro, causando uma integração entre ambos.

Automação de Marketing – Ações no Marketing Digital feitas de forma automática através de ferramentas. Utilizadas para tornar o trabalho mais fácil, rápido e aumentar os resultados. Uma das principais é a automação de disparo de e-mails, que é feita a partir de um ação do Lead.

Adwords – Plataforma de anúncios do Google, onde são feitos os anúncios que encontramos nos mecanismos de busca na parte superior da página.

Alt text – (Alternative text = Texto Alternativo) É o texto usado para nomear ou descrever uma imagem na web. Os mecanismos de busca não conseguem decifrar a imagem se não estiver com um Alt text. Preenchendo este campos os motores de busca consegue relacionar a imagem com o conteúdo, o que ajuda bastante no ranqueamento de um site ou blog.

Anchor text – Texto com um link, normalmente fica na cor azul e sublinhado, ao clicar no texto o leitor é direcionado á outra página.

Autoridade de página – Quando o Google valoriza uma página diante de outras com o mesmo termo ou palavra-chave e a deixa bem posicionada. Os principais requisitos considerados pelos buscadores são a quantidade e qualidade de links direcionados para essa página.

Autoridade do site – (Autoridade do domínio). Da mesma forma que a autoridade de página é analisada e valorizada, o domínio também é posicionado pelos mecanismos de busca como um todo.

Adsense – Uma ferramenta do Google onde anunciantes contratam serviços de publicidade. Donos de blogs ou sites podem se cadastrar nessa ferramenta para expor anúncios como: banners, textos e etc.

Afiliado – Quem participa de um programa de afiliados e tem como objetivo receber comissões pelas vendas de produtos digitais ou físicos de uma outra pessoa.

B

Black hat – São práticas de SEO utilizadas para deixar sites bem posicionados nos buscadores. No entanto, é uma prática considerada antiética.

Blog – É um site onde atualizações são feitas frequentemente através de artigos ou posts que são organizados de forma cronológica e podem ser escritos por uma variedade de pessoas, estando de acordo com as políticas do blog. Blog vem do termo em inglês “web log” que significa “diário de rede”. Eles são utilizados por profissionais de Marketing Digital com o intuito de tornar-se uma referência, publicando conteúdos de acordo com o interesse do público-alvo.

Busca orgânica – Tráfego que vem de forma gratuita pelas ferramentas de busca como Google, Yahoo e Bing.

C

Conversão – Quando a CTA faz com que o usuário conclua o que foi sugerido á ele. Levando-o á uma conversão, por exemplo: uma compra, comentário, curtida, cadastro em um formulário e etc.

CRM – (Customer Relationship Management = Gerenciamento de relacionamento com o cliente). Tem como objetivo manter uma boa relação entre empresa e cliente, por meio de softwares que gerenciam todas as informações e atividades como, conversas, agendamentos e reuniões.

CRO – (Conversion Rate Optimization = Otimização de taxa de conversão). São estratégias focadas em elevar a porcentagem de visitas que efetuam as conversões desejadas pela empresa no site ou blog.

CTA – (Call to Action = Chamada para ação). São utilizadas com o objetivo de o usuário realizar algum tipo de ação na página conforme o desejo da empresa. Como clicar em banners, ofertas, botões, textos com links, baixar algum conteúdo e etc.

CAC – (Custo de Aquisição de Cliente). Essa é uma métrica importante para que a empresa saiba quanto investiu para conseguir novos clientes. Também pode ser utilizada para definir ações de marketing e orçamentos.

CPC – (Custo por Clique). Utilizado em anúncios pagos para designar o valor á ser pago pelo número de cliques efetuados.

CPA – (Custo por Aquisição). Quando o usuário realiza uma aquisição, uma compra ou um download por exemplo.

CTR – (Click Through Rate = Clique em Taxa). Usado para medir o número de cliques dividido pelo número de visualizações de um anúncio.

CPM – (Custo por Mil Impressões). Essa é uma métrica usada para pagamentos por impressões. A cada 1000 impressões o anúncio será cobrado, tendo sido clicado ou não pelos usuários.

CPL – (Custo por Lead). Usado para avaliar qual o valor gasto ao conseguir um lead.

CR – (Conversion Rate = Taxa de Conversão). A quantidade de usuários que efetuaram uma ação desejada pela empresa no site, como preenchimento de formulário ou download.

Canonical Tag – Ao ter duas páginas ou mais com o mesmo conteúdo ou bem parecidos, o algoritmo do Google distribui a importância dessas páginas entre elas. No entanto, ao utilizar a Canonical Tag essa autoridade pode ser transferida de uma para a outra.

Cookies – Quando um usuário visita um site, arquivos são inseridos em seu navegador. Dessa forma é possível armazenar informações como IP, idioma, país e etc. Isso facilita para que em uma futura visita, o site possa identificar as preferências do usuário.

CSS – (Cascading Style Sheets = Folhas de estilos em cascata). Uma linguagem usada para estilizar páginas, como cores, layouts, fonte e etc.

D

Domínio – É o endereço principal de um site ou blog, por exemplo, www.sucessoparahoje.com é um domínio.

E

eBook – (Livro eletrônico). São livros que podem ser baixados através de um dispositivo digital. Dentro do Marketing Digital é mais utilizado como um material educativo e são mais complexos que um post por exemplo, abordando o assunto de uma maneira mais profunda.

Edge Rank – É um algoritmo do Facebook que avalia a relevância dos posts e se aparecem no Feed. Ele se baseia em três fatores: Afinidade, formato de post e tempo de postagem.

Erro 404 – Página que é exibida quando o servidor não encontra o endereço da busca, como quando procura um site ou página que não existe mais.

F

Formulário de conversão – Onde o usuário preenche o campo que pede o e-mail ou outras informações, com o intuito de receber algo em troca, por exemplo, cadastro na newsletter ou entrar em contato apenas.

Funil de vendas – Processo de vendas utilizados no Marketing Digital com o objetivo de converter, esse processo é dividido em três estágios:

  • Tofu – (Top of Funnel = Topo de Funil). Ainda longe do processo de vendas, essa parte do funil é utilizada para transformar o visitante em lead. Através de campanhas, divulgações ou ações específicas.
  • Mofu – (Middle of Funnel = Meio de Funil). No momento em que o lead demonstra interesse o MoFu serve para aprofundá-lo no assunto de uma forma mais abrangente com conteúdos relevantes ou criar um relacionamento fortalecendo a possibilidade de gerar vendas.
  • Bofu – (Bottom of Funnel = Fundo de Funil). Esse é o estágio final do processo. Onde o lead está pronto para efetuar a compra e se tornar um cliente. Nessa parte final é preciso convence-lo do porquê ele deve comprar o produto ou serviço.

G

Geração de Leads – Conversão de visitantes do site ou blog em leads.

Growth Hacker – Focado em gerar crescimento rápido com aquisição de clientes.

Guest Post – Conteúdo escrito em algum blog por um convidado.

Google Hummingbird – Algoritmo do Google muito rápido e preciso que vai além da palavra-chave interpretando sinônimos, localização, contexto e pesquisas para ranquear uma página.

Google Panda – Algoritmo também do Google que analisa a qualidade dos conteúdos e penaliza os conteúdos criados com baixíssima qualidade.

Google Penguin – Algoritmo do Google que analisa a qualidade dos links e inibi a troca de links com qualidade baixa.

H

Hard bounce – É a falha de envio de e-mails por motivo permanente como a inexistência de um e-mail.

Heading Tags – (H1, H2, H3). São tags que apresentam os títulos e subtítulos de uma página. A tag H1 é uma das principais tags e também é um dos pontos que o Google analisa para posicionamento do site.

Hiperlink – Conteúdo clicável que leva o leitor para outra página. Podendo ser em forma de imagem, texto, botão e etc.

HTML – (HyperText Markup Language = Linguagem de marcação de hipertexto). Linguagem utilizada para programação de páginas na web.

I

Inbound Marketing – Tem como objetivo atrair potenciais clientes, passar confiança á ele e direcioná-lo até a venda. A intenção é que o cliente venha até a empresa e não o contrário. A estratégia mais comum entre outras é a criação de conteúdos relevantes para seu público-alvo, dessa forma atrai e constrói relacionamento com ele.

Inside Sales – É quando a venda é feita de dentro do escritório mas através de um telefonema, skype, e-mails e etc. Não é uma negociação feita pessoalmente.

K

KPI – (Key Performance Indicators = Indicadores Chave de Performance). São métricas usadas para analisar o progresso das suas ações digitais para conquistar alguma meta traçada.

L

Landing Page – (Páginas de aterrissagem). Dentro do Marketing Digital essas páginas são as que os usuários são direcionados após clicarem em alguma ação que foi sugerida e que tem como objetivo conseguir uma conversão. A mais comum é uma página que converte o visitante em lead, mas também pode ser para que ele efetue uma compra.

Lead – São visitantes ou usuários que se cadastraram em um formulário de captura e foram encaminhados para um funil de relacionamento e vendas, podendo se tornar clientes em potencial, pois demonstraram interesse no que você oferece.

Lead Scoring – Pontuação que define se o lead é de qualidade ou não através dos comportamentos dele em sua lista de e-mail.

Links Patrocinados – Anúncios pagos exibidos de forma destacada veiculados aos mecanismos de busca. São exibidos pelas palavras-chave usadas na busca. Outro tipo, são os anúncios em redes sociais, como Twitter, Instagram, Facebook e etc. Esses atingem um maior número de pessoas, estando os usuários interessados ou não no produto ou serviço.

Long tail keyword – (Palavras-chave de cauda longa). São termos bem específicos e com menos concorrência. Ótima opção para trabalhar na web, principalmente para os inciantes em Marketing Digital. Por exemplo, em vez de abordar o tema “cuidar de cachorro” seria “como cuidar de cachorro de grande porte”.

Layout – É a aparência e estrutura de uma página ou site.

Link Building – (Construção de links). É uma forma de conseguir melhor posicionamento nas ferramentas de busca através de links externos apontando para o seu site ou blog. Mas se esses links não forem feitos de forma natural e em sites relevantes o Google penaliza seu site.

Links internos – São links de um site ou blog que direcionam para outras páginas dentro desse mesmo domínio.

Links externos – São os links que direcionam para um site ou página específica fora do seu domínio.

M

Marketing de Conteúdo – Tem como principal objetivo atrair a atenção do publico-alvo através de conteúdos relevantes.

Metadados – É o que diz aos mecanismos de busca do que se trata um site, blog ou página.

Meta descrição – (Meta descrição). É uma breve descrição do site que aparecerá nos resultados dos mecanismos de busca. Isso é importante pois mostra diretamente ao usuário do que se trata sua página.

Mobile – Se refere á dispositivos móveis com celulares por exemplo.

N

Nutrição de Leads – Envio de conteúdos aos leads através de automação de e-mail marketing, que é o mais comum. Tem como objetivo conduzir o lead por todo o funil de vendas até o momento em que ele poderá efetuar a compra.

No follow – Um recurso do Google que indica links que não devem ser rastreados pelo indexador.

O

Outbound Marketing – É o mais tradicional marketing, que se utiliza de comerciais na TV, rádio e outdoors por exemplo, mas que também faz uso de Marketing Digital, no entanto, não foca em apenas um público específico.

Off Page – São elementos externos que contribuem e influenciam para o posicionamento do seu site, como links por exemplo.

On Page – São elementos que estão dentro do seu site que influenciam nos resultados dos mecanismos de busca, como o alt text, page title e heading tags.

Opt-in – Quando um usuário ou visitante escolhe receber informações através de e-mail ao se cadastrar em um formulário, permitindo que o site mantenha contato através desse meio.

Opt-in duplo – É uma forma de confirmar que o usuário deseja fazer parte de sua lista através de um e-mail. Somente ao clicar no e-mail de confirmação ele começará a receber os próximos e-mails.

P

Pagamento social – Quando é oferecido aos usuários que fizerem um post em alguma mídia social em troca de uma oferta como cupons, desconto, brinde e etc. Isso ajuda a promover um site, conteúdo ou marca.

Palavra-chave – É o tema principal de um artigo, parágrafo, frase e etc. Também é o que indica os termos que os usuários mais utilizam para pesquisar no Google. Por exemplo, em um artigo que fala sobre “como cuidar de orquídeas plantadas em vasos” a palavra chave poderia ser ” cuidar de orquídeas em vasos”.

Pageviews – Visualizações das páginas do site ou blog.

Pagerank – Algoritmo do Google que mede a autoridade de um site em uma escala de 0 a 10. Analisando vários fatores como o número de pageviews, relevância do conteúdo e taxa de rejeição por exemplo.

Page title – O título que aparece na aba do navegador ao abrir uma página e também nos mecanismos de busca de forma destacada. É um dos principais elementos usados em SEO, por isso é importante que nela contenha a palavra-chave do assunto que ali está sendo abordado.

Prova social – (Social proof) – Uma maneira de utilizar a aprovação de outros para criar mais credibilidade com seu publico. As pessoas tendem a julgar que algo é bom pelos resultados que são apresentados direta ou indiretamente, por exemplo, uma conta no Instagram que contém 50k de seguidores tem mais relevância e confiabilidade para um usuário do que uma conta que tem apenas 1k.

Q

Qualificação de Lead – Atividade que define quais leads são potenciais clientes, quais são os leads que ainda não estão prontos para efetuar uma compra e os que são considerados ruins, leads que não demonstram a possibilidade de se tornarem clientes.

R

Remarketing – Quando uma pessoa entra em um site e depois entra em outros e neles contém anúncios em banners de publicidade do site que havia entrado primeiramente. Isso acontece devido aos Cookies que são instalados no dispositivo do usuário. O nome da prática é Retargeting. Remarketing é o nome dado á esse serviço pelo Google.

ROI – (Return on Investment = Retorno sobre Investimento). É o resultado ou a diferença entre o valor ganho ou perdido em um investimento e o que foi investido.

Redirecionamento 301 – (Redirect 301) Processo de direcionamento de uma página que transfere a autoridade para outro endereço.

S

Segmentação de Leads – Se refere a uma separação de leads que ajuda a otimizar os resultados no relacionamento via e-mail, por exemplo, de acordo com a idade, cada cliente recebe uma sequência de e-mails totalmente focada na realidade dele.

Squeeze page – Um modelo de página focado em capturar e-mails.

Spam – (Sending and Posting Advertisement in Mass = Envio e postagem de anúncio em massa) ou (Stupid Pointless Annoying Messages = Mensagem ridícula, sem propósito e irritante). Enfim, são mensagens com fins publicitários, de caráter apelativo e inconveniente.

SEM – (Search Engine Marketing = Marketing de mecanismos de pesquisa). Tem como objetivo promover um site ou blog nos resultados de buscas do Google, Bing, Yahoo, etc, através de algumas estratégias de marketing.

SEO – (Search Engine Optimization = Otimização para ferramentas de busca). Uma série de técnicas, métodos e estudos usados para melhorar o posicionamento de um site ou páginas nos mecanismos de busca.

SERP – (Search Engine Results Page = Página de resultados do motor de busca). Como a tradução já diz, é um termo usado para designar a página de resultados dos motores de busca.

Sitemap – É um mapa com todas as páginas de um site. Existe dois tipos, o Sitemaps HTML e o XML. O HTML é para que os visitantes naveguem e o XML é utilizado pelos mecanismos de busca.

Soft bounce – Quando, por algum motivo, há uma falha temporária na entrega de e-mails, por exemplo, uma caixa de entrada cheia.

T

Taxa de conversão – A porcetagem de visitantes que realizam uma conversão conforme desejado.

Teste A/B – É um teste feito com uma página mas com duas versões diferentes da mesma, com o intuito de avaliar qual tem melhor desempenho para com o público, de acordo com a quantidade de conversões.

V

Visita – Quando há um acesso em algum site. Um visitante pode entrar em um site e fechar, depois de um pouco mais que 30 minutos ele entra de novo no mesmo site, essa ação é contada como duas visitas do mesmo visitante.

Visitante – É o usuário que navega pelo site.

Visitante Único – Esse é o usuário que teve um cookie instalado em seu computador. Dessa maneira é possível identificar quantas pessoas vistaram o site sem contar a mesma pessoa mais de uma vez.

Visitantes de retorno – O vistante que entrou mais de uma vez em um site.

W

Webinar – O termo Webinar é uma abreviação de “Seminário Web”, que consiste em passar conteúdos em formato de vídeo, sendo disponibilizado de forma gratuita ou paga para o público. Pode ser um debate, uma aula ou dúvidas respondidas em tempo real ou gravado.

Web Analytics – Medir, coletar e analisar os dados da internet, com a intenção de entender e melhorar a utilização dos usuários.

SEO Para Afiliados

Jessica Campos

Jessica Campos

Me chamo Jessica Campos. Sou Empreendedora Digital, Fundadora e Autora do Blog Sucesso para hoje. Apaixonada pelo que faço, por isso quero ajudar você a iniciar seu projeto online e mudar de vida através do Marketing Digital, conquistando o sucesso tanto nos negócios como na vida pessoal. Acredito que o sucesso acontece durante a jornada e não no final dela.

Website: http://sucessoparahoje.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *